Lista de compras: lance moda você também!

Listas de compras: por que não? Essa é uma daquelas funcionalidades nativas da plataforma de e-commerce F-Store que o lojista pode utilizar dentro das suas estratégias de vendas.

 

Não foque no problema, foque em soluções! No varejo virtual, muitas são as políticas de boas práticas, e uma delas é entregar informação e facilidade para o cliente comprar.

Tendo acompanhado os diversos players, tenho notado que há espaço para explorar melhor algumas funcionalidades da plataforma. Como o próprio nome do post sugere, trataremos de falar sobre a lista de compras.

Lista de compras é nada mais, nada menos, que um agrupador de produtos. O diferencial está na possibilidade do cliente colocar todos os produtos no carrinho de compras, com um único clique.

O processo de criação de uma lista de compras dentro da plataforma F-Store é muito simples e intuitiva, além de ter total familiaridade com o cadastro de produtos. Sendo assim, não é desculpa para não utilizar, certo?

O que exigirá da sua equipe é um pouco de criatividade. E posso afirmar: independente do ramo que seu e-commerce está inserido, listas de compras funcionam bem e são excelentes alternativas para trabalhar um marketing diferenciado pelo menos uma vez na semana.

Esqueça conceitos fechados que lista de compras serve apenas para compra mensal no mercado ou então para comprar material escolar todo início de ano para seu filho(a). Se teu e-commerce vende moda, entregue looks personalizados. Se teu e-commerce vende peças automotivas, por que não preparar um kit troca de óleo para seu cliente?

Dentre alguns lojistas, quero destacar dois modelos de listas de compras. No primeiro, destacaremos a Casa Fiesta, que é um supermercado online, e está na FBITS desde 2015. Um segmento tão promissor para utilização de listas de compras, não poderia negligenciar o uso dessa funcionalidade.

kit-churrasco

 

Uma lista de compra ‘Kit Churrasco’ foi criada para promover vendas de diversos itens de um churrasco de final de semana. Com itens exclusivamente selecionados para este fim, a Casa Fiesta colocou desde as melhores carnes, até palito de fósforo, ou seja, tudo para o cliente não se preocupar.

Outro case que podemos destacar está na loja online da marca Kipling. Uma marca que inicialmente estava trabalhando no Brasil com venda de bolsas, nécessaires, mochilas, entre outros, ao receber produto como botas, sapatilhas e espadrilles, resolveu desenvolver algumas campanhas de look, para combinar bolsas e esses tipos de calçados.

classico-e-arrumadinho

Dentro da proposta, a equipe da Kipling, utilizou sua criatividade, produzindo fotos próprias de looks para criar uma lista de compra mais criativa, mostrando formas de utilizar bolsa e sapatilha.

Segundo, Nathalia Mansur, analista de marketing digital da Kipling, “A lista de compras é bem interessante para Kipling, por dois motivos. Primeiro porque estamos reposicionando a marca – e todo mundo sabe que este é um trabalho árduo. Precisamos mostrar aos consumidores que a Kipling vai além de mochilas e acessórios escolares. Existem bolsas, malas de viagem, diversos acessórios e, mais recentemente, até calçados. Por isso, quanto mais imagens e mais visuais conseguirmos produzir para nos comunicar com esse novo público, melhor. A lista vai nos ajudar a mostrar várias categorias de produto em uma foto, e, consequentemente, vai nos ajudar a nos comunicar com outros públicos (além do que já é cativo).

Em segundo lugar, porque acreditamos que nos ajudará a aumentar o número de peças por venda (o chamado PA, no varejo tradicional). Nas lojas físicas, a vendedora sempre oferece um outro produto, e o cliente acaba comprando por se deixar levar pelas mil e uma possibilidades oferecidas, que tem absolutamente tudo a ver com a história que lhe é contada. Acreditamos que no e-commerce não vai ser diferente. Além dos produtos sugeridos, quando o cliente visualiza o produto, a lista vai nos ajudar a criar um storytelling. Através das fotos – quase sempre de mulheres reais, que não são modelos -, faremos com que as mulheres que são nosso público-alvo se identifiquem, seja pelo biotipo, pelo estilo ou pela ocasião de uso”.

 

Para criar sua lista de compras, não há segredo. Siga os passos! É simples e intuitivo.

Faça uso de mais essa estratégia e vendas.

 

NOTA: Dentro das análises automáticas realizadas pela FBITS – Inteligência em Vendas, o item Lista de Compras possui a seguinte métrica analisada:

– Se existe lista de compra cadastrada na plataforma;

 

More from Fernando Zambrano

O que é Double Opt-in?

O Double Opt-in é uma forma de garantir que o e-mail preenchido...
Read More